Menina na escola


HOJE É DIA DE FEIRA!

Nesse momento pandêmico, com as aulas remotas, todo local que a criança frequenta com sua família torna-se um poderoso espaço de aprendizagem, como por exemplo, a feira livre de Areia Branca. Essa proposta objetivou conhecer a variedades de frutas e verduras que são vendidas nas feiras, saber quanto custa cada produto; descobrir quais nutrientes cada alimento contém, e também ir além: conhecer a vida do feirante, como por exemplo, a que horas ele começa a trabalhar e como adquirem os produtos para serem vendidos. Solicitei que eles acompanhassem seus pais ou responsáveis até a feira, que acontece todas as manhãs de sábado e pesquisassem quanto custa cada produto, seu peso, suas características, etc. Pedi que gravassem um vídeo ou que tirassem fotos das frutas que iriam comprar. Muitas vezes os alunos comem sem saber o que estão comendo, mas depois dessa atividade, eles ficaram mais interessados, introduzindo em seu hábito alimentar, até mesmo, a ingestão de cenoura crua e outros tipos de vegetais; disse-me uma mãe. Solicitei que eles respondessem as questões do livro didático e elaborei atividades no caderno. O protagonismo dos alunos nessa atividade lúdica e prática foi de suma importância para o sucesso de suas aprendizagens.

FAÇA O DOWNLOAD DO BANNER
SER_104 - E. M. Josefa Inocência dos Santos_Fachada.jpeg

Autora

LIMA, Maria Gicelma de

Instituição

Escola Municipal Professora Josefa Inocência dos Santos

Rede de Ensino

Secretaria Municipal de Educação (SEMED)

Município

Areia Branca

Palavras-chave

Ensino-Aprendizagem. Feira livre. Autonomia discente.

podcast_blue.png
PODCAST
00:00 / 01:28